Prof. Pedro Paulo – Tecnologia, Sociologi@ & Filosofi@

A Tecnologia como ferramenta a serviço da Educação

Um dia você aprende!

O Menestrel

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se. E que companhia nem sempre significa segurança. Começa a aprender que beijos não são contratos e que presentes não são promessas. Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.

E aprende que, não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se leva anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la… E que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.

E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos de mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam…

Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa… por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou, mas para onde está indo… mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve.

Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão… e que ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem, pelo menos, dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens…

Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém…

Algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar.

Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.

William Shakespeare.

Anúncios

Sobre brito964

Nascido em Belo Horizonte - 44 anos. Pedagogo. Professor/Analista da Educação. Educação. Tecnologia. Aprendizagem em Ambientes Colaborativos. Casado. Arinos - MG.

10 comentários em “Um dia você aprende!

  1. juliananogueira0912
    17/11/2008

    Texto Lindo!

  2. Maria Ezabel
    21/11/2008

    gostei muito,pois estamoos sempre apprendendo.

  3. Maria Ezabel
    21/11/2008

    Onde não há amor,planta amor e colherá amor. SÃO João da CRUZ.

  4. Maria benildes
    21/11/2008

    gostei muito este texto levou-me a refletir que aprender é muito mais que adquirir conhecimentos.

  5. Maria Ezabel
    21/11/2008

    Quando a desilusão é total é porque chegamos ao extremo. ´´É o momento de mudar, de se levantar e voltar a começar com as forças renovadas. PAULO Coelho

  6. Maria de Fátima Barbosa
    21/11/2008

    O texto é interessante, pois o aprender é contínuo.
    A cada instante aprendemos algo mais.
    Gostei da frase:”Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto…

    Abraços!

  7. Maria Francisca
    21/11/2008

    COMENTÁRIO DO TEXTO
    “UM DIA VOCÊ APRENDE”
    O texto nos mostra que a vida é uma sequência de aprendizagens.
    Sejam quais forem os acontecimentos há sempre algo a
    aprender.

  8. Maria Gorete
    21/11/2008

    O texto nos mostra que seja qual for o momento de nossas vidas,há sempre uma aprendizagem seja nos acertos ou nos erros.

  9. Ediza Souza da Silva Lima
    25/06/2009

    O filme relata o sofrimento de uma escola multiseriada no interior da China,onde tudo era muito precário. Faltava água potável, alojamento adequado para professor e alunos. O mesmo professor, teria que preparar alimentação,cuidar da higiene dos alunos e dar as lições.O Professor precisou viajar e deixa em seu lugar uma garota inexperiente, com uma grande tarefa de ensinar as lições cuidar para que seus alunos não se evadam.Por conta disso ela não mede esforços, vai em busca de seus alunos , procura a família, conhece a realidade ,busca ajuda às autoridades mesmo sem apoio.Ela não desiste envolve a turma e dentro daquela situação ,trabalham,lutam e com muito esforço consegue através da mídia trazer seu aluno de volta. E também ganha recursos para aquela escola tão sofrida.Tudo parecia impossível, mas sua perseverança faz com que tudo se torne realidade.È um filme emocionante que deixa bem claro que,mesmo diante de dificuldades não devemos desistir.È difìcil mais não é impossível.

  10. Leonarda Sales
    16/09/2009

    O filme foi passado em uma Província chamada de Shuin Quan na China. Em uma sala multiseriada com inúmeras dificuldades financeiras e outras… Logo no inicio, uma adolescente foi convocada para trabalhar naquela escola. Ela fez a diferença e é isso que faz o filme ser diferente, especial e emocionante do começo ao fim. Percebi que no inicio ela foi pelo dinheiro, mas com o tempo, fez daquela tarefa assumida, um dom, um projeto de vida, sem medir esforços, principalmente no momento do filme, que foi atrás do aluno que fugiu da escola para trabalhar.Em relação as escolas brasileiras, não estão longe dessa realidade, ainada existem escolas com muitas dificuldades, como as que são mostradas no filme. O filme é uma lição para nós, que não podemos desistir dianta das dificuldades que deparamos dentro da educação.

Deixe uma resposta ou Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 16/11/2008 por em Uncategorized.
%d blogueiros gostam disto: