Prof. Pedro Paulo – Tecnologia, Sociologi@ & Filosofi@

A Tecnologia como ferramenta a serviço da Educação

JOGOS PEDAGÓGICOS NO ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA

Centro Universitário Central Paulista – UNICEP

Curso de Pedagogia

Alfabetização de Pessoas Jovens e Adultas

Cláudia Helena Paulino Bogas

Márcia Cristina Mazzari Rodrigues

Serão apresentados resultados de pesquisa, que tem por objeto de estudo os jogos pedagógicos no ensino-aprendizagem da Língua Portuguesa.

Diante dos estudos que fizemos verificamos que o uso dos jogos pedagógicos são excelentes recursos que o professor pode utilizar no processo ensino aprendizagem, pois eles contribuem e enriquecem o desenvolvimento intelectual e social do educando.

Podem ser trabalhados em todas as disciplinas, desde que sejam bem adaptados aos conteúdos, à faixa etária e prontidão dos alunos.

Devem ser interessantes e desafiadores, propiciando oportunidades para que todos participem e permitindo a auto-avaliação no final de cada jogo.

Desenvolvem habilidades de comportamento, pois através deles é possível criar situações para que os participantes aprendam a trabalhar em equipe, desenvolvam criatividade, bom humor, imaginação, e capacidade de adaptação a diferentes ambientes. Tais habilidades são muito importantes e caracterizam o homem competente para bem viver em sociedade.

Como afirma Piaget (apud Kamii e Devries , 1991) , o confronto de diferentes pontos de vista , essencial ao desenvolvimento do pensamento lógico, está semprepresente no jogo , o que torna essa situação particularmente rica para estimular a vida social e a atividade construtiva do indivíduo.

Ao tomar decisões usando as regras propostas pelo jogo, os educandos constroem seus limites agindo como sujeitos da aprendizagem.

Deve-se considerar que a prática de jogos só acontece de maneira eficiente quando o professor atua como orientador nesse processo. Cria em ambiente estimulador, organizado e capaz de atingir os objetivos propostos pelo jogo. Assim sendo, o uso pedagógico de jogos, visa favorecer a aprendizagem e contribuir na avaliação do aluno.

O problema de pesquisa refere-se a como os jogos pedagógicos podem ser usados para auxiliar o processo de ensino aprendizagem da Língua Portuguesa.

Consideramos o estudo importante para o enriquecimento de nossa prática pedagógica e para sensibilizarmos educadores e professores sobre a importância do uso de jogos no ensino da Língua Portuguesa.

Foram consultados autores que relatam a importância do uso de jogos em atividades didáticas e em projetos pedagógicos, como: Lino de Macedo, Ana Lúcia Sicolli, Norimar Chirte Passos, Celso Antunes, Gerusa Rodrigues e Lima Pinto, Regina Célia Villaça, Vania D’Angelo Dohme e os Parâmetros curriculares Nacionais de Língua portuguesa.

A pesquisa tem por objetivos:

1- Analisar a utilização de jogos como recurso didático no processo de ensino aprendizagem da Língua Portuguesa;

2- Propiciar situações que envolvam e o uso de jogos no processo de ensino aprendizagem de Língua Portuguesa;

3- Verificar a possibilidade de se utilizar jogos como recurso facilitador no processo de ensino aprendizagem de Língua Portuguesa;

A pesquisa foi realizada nas escolas onde cada uma das responsáveis atua, com turmas de 4ª séries do ensino fundamental, sendo uma na rede pública e outra na rede particular de ensino.

Os participantes foram, portanto, alunos e professores dessas instituições.

Os instrumentos para a realização da coleta de dados foram entrevistas com professores e alunos das unidades escolares, a confecção e aplicação dos jogos propostos na prática pedagógica.

O estudo possibilitou reforçar a hipótese da importância e necessidade do uso de jogos pedagógicos no ensino e aprendizagem da Língua Portuguesa, pois representam excelente recurso para o professor diversificar suas aulas e instrumento bastante eficaz para o domínio de conteúdos fundamentais, visando ao uso da língua portuguesa tanto na sua forma oral quanto escrita.

Outro aspecto bastante relevante decorrente desse trabalho se refere à importância do uso desses jogos visando, também, ao desenvolvimento social e afetivo das crianças das séries iniciais da educação básica.

Pudemos confirmar através do contato com professores das mesmas séries, que tal prática é enriquecedora e produz bons resultados na aprendizagem; verificamos também através das leituras feitas sobre o assunto que o uso de jogos é muito significativo para as crianças, pois o fato de brincar desenvolve várias habilidades importantes como a criatividade, a cooperação, o bom – humor, tão necessários ao educando e de grande valor para sua formação enquanto pessoa.

Ficou evidente também que os professores têm consciência da importância da prática em sala de aula; porém há alguns pontos a considerar: têm dificuldades em criar novas formas lúdicas de ensinar – reproduzem geralmente os jogos mais comuns, existentes em livros didáticos; têm dificuldades em adaptar os jogos à sua clientela e às suas necessidades; ficam muito preocupados com a quantidade de conteúdos da Língua Portuguesa a serem trabalhados e não usufruem o quanto poderiam da prática de jogos pedagógicos no ensino aprendizagem, no caso da Língua Portuguesa.

Concluiu-se, portanto, que o uso de jogos no ensino aprendizagem da Língua Portuguesa é bastante significativo e proveitoso tanto para o trabalho do professor quanto para o aluno enquanto ser que participa do processo de forma ativa e envolvente.

A pesquisa vem assim reforçar as teorias e estudos de alguns pesquisadores, como os citados no referencial bibliográfico que mostram a importância de se desenvolver o lúdico, a criatividade, a vivência em equipes, enfim; aspectos tão significativos e que devem ser valorizados e desenvolvidos em sala de aula; mesmo dentro de conteúdos específicos, como no caso, no ensino da Língua Portuguesa.

Referências Bibliográficas

ANTUNES, Celso. A Teoria das Inteligências Libertadoras. 2.ed.Petrópolis,RJ: Vozes, 2000.

DOHME, Vania D’Angelo. 32 Idéias Divertidas que Auxiliam o Aprendizado. Série Idéias. São Paulo: Informal Editora, 1998

MACEDO, Lino de; Petty, Ana Lúcia Sicolli;Passos, Norimar Chirte. Aprender com jogos e situações-problema. Porto Alegre: Artmed, 2000. p.13-27

Parâmetros Curriculares Nacionais: 2. Língua Portuguesa / Secretaria de Educação Fundamental.- Brasília: 144p.

PINTO, Gerusa Rodrigues e Lima, Regina Célia Villaça.O Dia-a- Dia do Professor.Jogos Pedagógicos no Processo Ensino- Aprendizagem. 2. Belo-Horizonte – MG: Fapi Indústria Gráfica Ltda.

About these ads

Sobre brito964

Nascido em Belo Horizonte - 44 anos. Pedagogo. Professor/Analista da Educação. Educação. Tecnologia. Aprendizagem em Ambientes Colaborativos. Casado. Arinos - MG.

Deixe uma resposta ou Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 23/11/2008 por em Uncategorized.
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: